O Oriental empatou este domingo com o Portimonense no Estádio Municipal de Portimão por 0-0. O jogo referente à 3.ª jornada da Segunda Liga revelou algum ascendente da formação de Marvila que apesar de ter usufruído das melhores ocasiões de golo não alcançou a felicidade da vitória. Com a atenuante de ao contrário do Portimonense terem disputado uma partida a meio da semana, os Guerreiros de Marvila bateram-se com todas as suas armas e podiam mesmo ter conquistado os três pontos já para lá dos 90’.  

Foi sem lances de grande relevo que decorreu a etapa inaugural do encontro. Com períodos de relativo domínio ora do Oriental ora do Portimonense, o jogo desenrolou-se com alguns remates de ambas as partes sem no entanto os guardiões serem chamados a intervenções de dificuldade maior. Hugo Grilo, num potente pontapé por cima da baliza de Ricardo Ferreira (30’), foi o protagonista do lance de maior perigo deste primeiro tempo.

 
 
 

A segunda parte teve início com Ivo Nicolau, na sequência de uma bola parada, a cabecear à trave da baliza de Mota (49’). Sete minutos mais tarde a resposta da turma lisboeta surgiu pelos pés de Tom que embalou sem medo pela faixa central do terreno numa jogada individual que apenas terminou com um corte no momento certo de um defensor algarvio. Já no tempo de compensação o centrocampista cabo-verdiano voltou a ameaçar com um remate de meia distância que obrigou o guarda-redes adversário a defesa apertada (90’). Na jogada seguinte, Daniel Almeida amorteceu para Mauro Bastos que no coração da área atirou de cabeça ao lado (90+1’), sentenciando a igualdade que se manteve até ao final.

Com este resultado o Oriental mantém-se invicto com dois empates e uma vitória nesta Segunda Liga, situando-se na 10.ª posição da tabela classificativa da competição. O próximo encontro está agendado para quarta-feira, 27 de Agosto, às 17h00 no Estádio Eng.º Carlos Salema.

O sonho está vivo!
Oriental: Mais que um Clube, uma Paixão.