Miguel Paixão foi titular na partida entre Oriental e Farense que terminou com a vitória da formação algarvia por 0-1 e no final do encontro não se absteve de classificar o resultado como “injusto”. O camisola 77 do conjunto grená e branco realçou a “grande atitude” da equipa e foi perentório ao garantir que a derrota não mancha a início de temporada positivo que o Oriental tem vindo a construir.

 

“Sabíamos que ia ser difícil. O Farense esteve sempre fechado na retaguarda e a bater as bolas na frente, nós jogámos o nosso futebol e assumimos o jogo. Acabámos por sofrer o golo num lance infeliz, mas nada abala o bom campeonato que estamos a fazer”, atirou Miguel Paixão.

 

O médio português de 30 anos garantiu ainda que a equipa vai “continuar a acreditar nos princípios e nos processos de jogo que têm dados tão bons frutos” ao Oriental neste início de época e prometeu o “trabalho e dedicação habituais” para as batalhas que se avizinham.

 
Miguel Paixão em luta com Neca
 
 


O Oriental volta a entrar em campo já no próximo domingo, 31 de Agosto, às 17h00 no Estádio D. Afonso Henriques contra o Guimarães B. 

 

O sonho está vivo!

Oriental: Mais que um Clube, uma Paixão.