Enorme vitória do Oriental sobre o FC Porto B por 3-0 no Campo Eng.º Carlos Salema, em partida da 30.ª jornada da Segunda Liga. O tento inaugural de Henrique Gomes aos 25 minutos abriu caminho ao domínio total do encontro por parte do Oriental, concluído com um bis do sempre oportuno Tom (40' e 78'). Excesso de agressividade da formação nortenha custou as expulsões de Pavlovski, David Bruno e Pité.

Perante uma boa moldura humana de apoio ao Oriental, foi o FC Porto B a criar o primeiro lance de perigo pelos pés de André Silva, após bom cruzamento de Anderson. O pontapé rasteiro do avançado forasteiro encontrou no entanto a oposição segura de Janota que com uma palmada instintiva desviou o esférico da baliza à sua guarda.  Pouco mais tarde o mesmo André Silva voltou a travar um duelo com Jonota através de uma tentativa de chapéu, mas o gigante guardião do Oriental voou para a defesa da tarde (15').
 
 
  O conjunto grená e branco respondeu com alma à entrada forte dos dragões e aos 25 minutos Pedro Alves conduziu pela esquerda uma rápida jogada de contra-ataque e já dentro da área apontou à baliza de Gudiño. O pontapé do camisola 8 do Oriental acabou por sair prensado nas pernas de Diego Carlos e sobrou para Henrique Gomes que perto da linha de golo não perdoou. 

A vantagem no marcador transmitiu ao conjunto grená e branco uma segurança que o tornou dono e senhor do jogo até ao seu término e já depois de Pavlovski ver o vermelho direto por entrada duríssima com a sola da chuteira no joelho de Tom (34'), foi com naturalidade que os pupilos de João Barbosa dilataram o resultado em novo contragolpe. Arrancada fulgurante de Henrique Gomes pela zona central, remate à entrada da área para defesa incompleta de Gudiño que Tom, de baliza aberta, aproveitou sem mácula (40’).  Ainda antes do intervalo o capitão David Bruno recebeu também ordem de expulsão por acumulação de amarelos, após falta sobre Juan Córdoba (43’).

Na etapa complementar o Oriental apostou com sucesso em efetuar uma eficiente gestão de esforço e depois de uns minutos iniciais sem grande ação o árbitro Tiago Martins admoestou Pité com o cartão vermelho direto na sequência de um pisão a Henrique Gomes já sem bola. Mesmo perante as circunstâncias o Oriental nunca desistiu de atacar e o 3-0 final surgiu por Tom aos 78 minutos na recarga a um cruzamento remate de Roncatto. Até ao apito final a equipa da casa dispôs de mais uma ocasião flagrante para fazer funcionar o marcador, mas a resposta de Pedro Alves ao cruzamento de Tom saiu muito longe do alvo (90’).

Com esta vitória o Oriental soma 39 pontos na Segunda Liga e mantém-se no 15.º posto da tabela classificativa. O próximo encontro tem lugar no Estádio José Arcanjo, em Olhão, no próximo domingo, 01 de Março, frente ao Olhanense.