Olhanense e Oriental empataram este domingo (1-1) no Estádio José Arcanjo em partida inserida na 31.ª jornada da Segunda Liga. Mais pressionante ao longo dos primeiros 70 minutos de jogo, a equipa da casa dispôs das maiores oportunidades de golo do encontro perante um Oriental que esteve perto de desfazer a igualdade ao cair do pano. Grande penalidade por assinalar aos 61 minutos a favor da formação lisboeta condicionou o resultado.

 

Numa tarde solarenga com cheiro a primavera, o Olhanense entrou em campo balanceado para o ataque e criou perigo logo aos 7 minutos quando Weldon intercetou um pontapé de Celestino e rematou, já dentro da área, por cima da baliza de Janota. O mesmo Weldon voltou a estar em destaque pouco depois ao concluir um cruzamento da esquerda de Femi com um tiro que acertou em cheio na barra (16'), numa prova de que esta não seria a sua tarde.

 
 
 


O primeiro remate do Oriental surgiu de forma tímida aos 36 minutos pelo pé esquerdo de Roncatto, mas se na tentativa inaugural o avançado brasileiro permitiu a defesa a Ricardo Ribeiro, à segunda não lhe deixou quaisquer hipóteses. Estavam decorridos 2 minutos para além dos 45 quando um cruzamento de Leonel oriundo do flanco esquerdo sofreu um corte defeituoso de um defensor contrário e sobrou à entrada da área para Roncatto que, implacável, disparou forte para o fundo das redes.

 

Para mal dos pecados do conjunto grená e branco, a etapa complementar começou da mesma forma que a anterior havia terminado, mas desta feita para benefício do Olhanense. A abertura vertical de longa distância de Rodrigo António isolou o recém-entrado Ponce que diante de Janota restabeleceu a igualdade (47').

 

O Oriental respondeu através de um livre direto de Bruno Aguiar que terminou nas mãos do guardião algarvio até que à passagem do minuto 61 se deu o caso do jogo. Depois de um passe em balão de Tom para a área, Henrique Gomes entrou em disputa pelo esférico com Diakhite que acabou por desviá-lo com a mão para uma grande penalidade evidente que o árbitro Rui Piteira Rodrigues, bem colocado, deixou passar em claro.

 

Aos 72 minutos o Olhanense construiu o seu último lance de perigo com o remate de Galassi a embater no poste antes de se dirigir caprichosamente para as mãos de Janota e a partir desse momento os Guerreiros de Marvila assumiram o jogo em busca da vitória. Roncatto tentou bisar após cruzamento da direita de Valdo Alhinho mas o desvio à boca da baliza encontrou a oposição de um defensor rubro negro (88') e já nos descontos Tom atirou de cabeça para as mãos de Ricardo Ribeiro, que segurou desta forma uma igualdade que se aceita pelo que se passou dentro das quatro linhas.

 

Com este resultado o Oriental alcança 40 pontos na Segunda Liga e sobe ao 14.º lugar da tabela classificativa. O próximo desafio está agendado para sábado, 07 de Março, no Campo Eng.º Carlos Salema frente ao Desp. Aves.