O empate em Ferreiras (1-1) valeu ao Oriental a subida à II Liga e Daniel Almeida era um homem radiante neste “momento especial”. O capitão do conjunto grená e branco sublinhou a capacidade que o grupo teve para superar todos os obstáculos que apareceram ao longo da época e destacou a importância da final que há ainda para jogar.

 

“Este era o nosso sonho e conseguimos alcançá-lo com muito trabalho e acima de tudo muito sofrimento. Depois de todas as dificuldades superadas na primeira fase, agora foi um pontinho que nos deu a subida de divisão. Foi a sofrer até ao fim mas acho que assim até sabe melhor, para nós e para os adeptos que nos acompanharam soube melhor vencer assim”, atirou o camisola 20.

 

Afirmando que “a união da equipa foi de facto um fator fundamental nesta caminhada”, Daniel Almeida garantiu que depois da festa será tempo de voltar ao trabalho para preparar o derradeiro jogo da temporada.

 
Daniel Almeida nos festejos com os colegas de equipa
 
 


“Agora estamos a festejar mas não vamos adormecer porque ainda há um título por disputar. Sabemos que há jogadores que fazem carreiras inteiras sem conseguir um único título e nós vamos dar tudo para conquistar o título de campeão nacional nesta final contra o Freamunde”, concluiu o capitão do Oriental.

 

Recorde-se que na final absoluta do Campeonato Nacional de Seniores o Oriental vai defrontar o Freamunde (primeiro classificado da zona norte) pelo título de campeão nacional. A partida será discutida no dia 10 de Junho, feriado nacional, em local e hora ainda a definir.

 

O sonho está vivo!

Oriental: Mais que um Clube, uma Paixão.