Oriental e Olhanense defrontaram-se este domingo para a oitava jornada da Segunda Liga no Campo Eng.º Carlos Salema com a vitória a sorrir à formação algarvia por 0-2. O golo madrugador apontado por Semedo embalou a equipa visitante para uma exibição segura, perante um Oriental que tudo fez para contrariar o ascendente do adversário sem no entanto conseguir criar grandes lances de perigo junto da baliza de Tiago Maia.

 

Ainda o cronómetro contava 9 minutos de jogo e já o Olhanense se adiantava no marcador na sequência de um canto concluído por Semedo. O tento precoce intranquilizou o conjunto grená e branco e depois de algumas ameaças a formação rubro-negra chegou mesmo ao 0-2 através de um cruzamento de Ricardo António concretizado ao segundo poste por Bazzoffia (31’). Valdo Alhinho e Evandro Roncatto ainda esboçaram a reação orientalista mas os remates não chegaram a assustar o guardião algarvio.

   
 


Na segunda metade o Oriental entrou mais ofensivo, teve mais posse de bola e conseguiu remeter o Olhanense para o seu meio-campo defensivo. Foram várias as tentativas de visar a baliza de Tiago Maia, mas os pontapés de Paixão (55’), Tom (60’ e 66’) e Grilo (87’) encontraram sempre a sólida oposição da defensiva algarvia. Agora a jogar mais em contra-ataque, a formação visitante ainda proporcionou a Mota duas defesas de alto nível (75' e 86'), mas mesmo perante as difíceis circunstâncias da partida os Guerreiros de Marvila nunca desistiram e tentaram chegar ao golo até ao último segundo, sem que os seus esforços fossem suficientes para superar a coesão tática e a qualidade técnica individual de um Olhanense bem organizado e com argumentos para justificar o seu estatuto de candidato à subida de divisão.

 

O próximo encontro do Oriental realiza-se já na próxima quarta-feira, 24 de Setembro, às 16h00 frente ao Boavista, naquela que será a 1.ª mão da 1.ª eliminatória da Taça da Liga.

 

Oriental: Mais que um Clube, uma Paixão.