O Campo Eng.º Carlos Salema coloriu-se de grená e branco para assistir ao empate sem golos entre Oriental e Benfica B. A partida da sexta jornada da Segunda Liga foi marcada pela superioridade da turma de Marvila que apesar de ter criado as mais flagrantes ocasiões de perigo não teve a felicidade de alcançar o tão desejado golo da vitória. Com uma arbitragem de sinal vermelho que deixou passar em claro uma grande penalidade a favor do Oriental, o árbitro André Moreira foi a figura mais cinzenta de uma bonita tarde de futebol.

   
 

Motivado pelas largas centenas de orientalistas presentes nas bancadas, o Oriental entrou em campo a todo a gás e Mauro Bastos deu o primeiro aviso logo ao minuto 2’ através de um remate de meia distância. O ascendente dos pupilos de João Barbosa manteve-se sem oscilações com Pedro Alves (24’) e Miguel Paixão (27’) a ameaçarem por duas vezes a baliza adversária em pontapés que por pouco não acabaram no fundo das redes do guardião Bruno Varela. O golo podia ter mesmo chegado ao minuto 40’ não fosse a evidente mão na bola de Lindelof dentro da área ter passado despercebida aos olhos do juiz André Moreira.

 

Na segunda parte o ritmo diminuiu ligeiramente, o jogo passou a ser mais disputado no centro do terreno e o número de faltas aumentou. Nos últimos 20 minutos da partida o Oriental voltou a apostar mais no ataque e o remate de meia distância de Roncatto quase chegava a bom porto não fosse o corte com o braço de Ruben Pinto (72’). Na conversão do livre direto, Pedro Alves atirou forte centímetros ao lado do poste do guarda-redes encarnado. Até ao apito final houve ainda tempo para Tom tentar a sua sorte (85’), mas o marcador teimou em não sair do 0-0 inicial para penalização de um Oriental que por se ter superiorizado ao Benfica B durante os 90 minutos merecia um resultado muito mais positivo que o empate.

 

O Oriental volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, 17 de Setembro, às 15h00 no Estádio Dr. Jorge Sampaio contra o Porto B.

 

O sonho está vivo!

Oriental: Mais que um Clube, uma Paixão.