Irrepreensível. É esta a melhor palavra para caracterizar a exibição do Oriental este domingo no Campo Eng.º Carlos Salema contra o Feirense na 22.ª jornada da Segunda Liga. Coesos taticamente e superiores em todos os momentos do jogo, os Guerreiros de Marvila quebraram com mérito a série de 6 vitórias consecutivas da formação de Santa Maria da Feira e venceram por 2-0 com golos de Henrique Gomes e Evandro Roncatto. Um triunfo incontestável que podia ter sido consumado por números bem mais dilatados.

Motivado pelas centenas de adeptos presentes nas bancadas, o Oriental teve um início de jogo fulgurante e encostou o Feirense às cordas logo após o apito inaugural. Valdo deu o primeiro aviso aos 3 minutos com um remate de meia distância que passou perto da barra da baliza de Paiva, guardião que nada pôde fazer para impedir que Henrique Gomes desse o melhor seguimento ao cruzamento de João Pedro através de um subtil toque de classe que inaugurou o marcador aos 6 minutos.
 
Tom esteve em grande plano na equipa de Marvila.
 
 


Mesmo em vantagem o Oriental nunca tirou o pé do acelerador e aos 19 minutos Henrique Gomes protagonizou uma arrancada de 60 metros em grande velocidade e à entrada da área assistiu Tom que rematou forte centímetros ao lado do alvo. Pouco depois de aos 20 minutos o Feirense criar a sua única oportunidade de perigo com um remate de Luiz Phellype desviado para canto por Mota, foi a vez de Daniel Almeida proporcionar a defesa da tarde a Paiva na conversão de um livre direto que levava selo de golo. O primeiro tempo não terminaria contudo sem um lance polémico dentro da área do Feirense com os pupilos de João Barbosa a pedirem penalti por mão na bola de Jefferson Jesus, lance de Duarte Gomes deixou passar impune.

 

Na etapa complementar o cenário não se alterou e por muito pouco João Pedro e Henrique Gomes não repetiram o lance do golo logo aos 48 minutos. O remate do camisola 23, desta feita, saiu ao lado. A busca do Oriental pelo golo revelou-se incessante ao longo dos 90 minutos e Tom voltou a comprová-lo através de um remate em arco que só alcançou o destino desejado graças ao desvio de cabeça de um defensor do Feirense. Compensando toda a determinação dos Guerreiros de Marvila, o segundo golo chegou aos 56 minutos por intermédio de Evandro Roncatto que aproveitou da melhor forma um lançamento lateral de João Pedro para à meia volta fazer o 2-0.

 

Até ao apito final o Oriental dispôs ainda de mais duas ocasiões soberanas para dilatar o marcador mas Tom (70’) e Leonel (89’) não traduziram em golo as excelentes oportunidades que tiveram nos seus pés. Do outro lado, o Feirense nunca conseguiu incomodar a defensiva orientalista, facto que traduz a superioridade inequívoca de um Oriental que realizou nesta tarde de domingo uma das suas sólidas exibições da presente temporada.