O Oriental bateu esta quarta-feira o Guimarães B no Campo Eng.º Carlos Salema por 1-0 em jogo a contar para a 28.ª jornada da Segunda Liga. A coesão tática da turma de Marvila ao longo de toda a partida não deixou que o potencial individual dos jogadores vimaranenses sobressaísse e o golo de Carlos Saleiro aos 17 minutos valeu um triunfo que coloca o Oriental no 15.º lugar da tabela classificativa com 36 pontos, 9 pontos acima da linha de água.

Numa partida pouco próspera em ocasiões de golo, foi no primeiro lance de verdadeiro perigo que o Oriental inaugurou o marcador por intermédio de Carlos Saleiro e logo num momento para mais tarde recordar. Grande abertura vertical de trivela de Hugo Grilo e o camisola 9 depois de ganhar posição em velocidade a Pereira surgiu isolado frente ao guardião Silva e com um toque de classe efetuou um chapéu perfeito que só parou no fundo das redes (17’).
 
 
 


O golo deu confiança aos pupilos de João Barbosa e o livre de Valdo Alhinho em jeito de folha seca ainda deixou a sensação de golo nas bancadas, mas o esférico acabou por esbarrar na face exterior das malhas superiores da baliza visitante (28’). Apenas um minuto mais tarde, o Guimarães B dispôs da sua única ocasião de chegar ao golo mas o ponta-de-lança Areias, isolado frente a Mota, atirou rasteiro para fora.

 

Aos 39 minutos o Oriental voltou a demonstrar que queria a vitória através de livre direto de João Amorim que obrigou Silva a uma defesa apertada, segurando a vantagem do Oriental pela margem mínima até ao descanso intermédio.

 

Na etapa complementar o jogo tornou-se mais morno e muito disputado no setor intermédio do terreno. A teia tática montada pelo Oriental envolveu na perfeição o Guimarães B e face à solidariedade e perfeito sentido posicional dos Guerreiros de Marvila os homens da cidade berço jamais conseguiram chegar perto da baliza de Mota com perigo. Lance digno de registo apenas um já para além dos 90 minutos e para o Oriental, quando Evandro Roncatto arrancou a todo o gás pela ala direita e já dentro da área assistiu Bruno Aguiar que, em desequilíbrio, disparou por cima.

 

Depois de três jornadas sem ganhar, a vitória sobre o Guimarães para além de justíssima dá um novo ânimo aos Guerreiros de Marvila numa altura em que se seguem duas difíceis batalhas contra Benfica B e Porto B. O próximo desafio é já no domingo, 22 de Fevereiro, no Caixa Futebol Campus, no Seixal, às 16h00.